TV SOBAPE   SOBAPE NOTÍCIAS   CENTRO VIRTUAL   PEDIATRICS   NEOREVIEWS   REVISTA BAIANA
 
Página principal

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Dolores Fernandez abre programação científica de curso sobre pediatria
Publicada em 19/08/2019


 

A programação científica do I Curso Humaninhos de Pediatria para Consultórios foi aberta pela presidente da Sociedade Baiana de Pediatria, Dolores Fernandez, com a apresentação “Atenção Integral à Criança”, nesta sexta-feira (16). Para Dolores Fernandez, o Brasil ainda tem que avançar para garantir a saúde das crianças para além do que a medicina faz.

A pediatra destacou o papel do profissional de saúde que trabalha com a atenção integral à criança e disse que “é preciso ter a clareza do conceito de integralidade, tendo em vista a realização de um atendimento humanizado, levando em conta a pluralidade dos sujeitos”.

Algumas conquistas do Brasil na área da saúde da criança foram citadas por Dolores Fernandez, entre as quais a diminuição nas taxas de mortalidade infantil (menores de 1 ano) e de mortalidade na infância (menores de 5 anos), tendo com isso cumprido o Objetivo de Desenvolvimento do Milênio (ODM) número quatro para 2015, com três anos de antecedência e com redução de 77%, uma das maiores do mundo.

“Também se observa admirável controle da morbimortalidade por doenças imunopreveníveis e diarreia, grande diminuição dos índices de desnutrição e melhora crescente nos indicadores de aleitamento materno”, completou. No entanto, Dolores Fernandez disse que o Brasil vem enfrentando outros desafios, com a identificação de novos agentes infecciosos e o ressurgimento de doenças, até então consideradas sob controle, ao lado dos efeitos do envelhecimento populacional e da violência urbana.

“Os mesmos determinantes que reduziriam as doenças infecciosas também podem atuar na direção inversa, propiciando o surgimento e a disseminação de novas e antigas doenças infectoparasitárias”, alertou, citando como novos desafios maior incidência de crianças com baixo peso ao nascer e com prematuridade (idade gestacional menor que 37 semanas) no Brasil, a principal causa de morte no primeiro ano de vida.

Prematuridade

Dolores citou estudos brasileiros que indicam a prevalência de prematuridade de 11,5%, cerca de 50% maior que a de países como a Inglaterra e País de Gales. “As mesmas pesquisas apontam a contribuição das cesarianas agendadas, ou eletivas, para o aumento dos nascimentos pré-termo e também de nascimento de bebês com 37 ou 38 semanas gestacionais (termo precoce) em nosso meio”, disse.

A médica explicou que, apesar de não serem considerados prematuros, esses recém-nascidos poderiam ganhar mais peso e maturidade se tivessem a oportunidade de alcançar 39 semanas ou mais de gestação. Teriam, portanto, menor risco de internação em UTI por problemas respiratórios ou outros”, sinalizou.

CURSO - O I Curso Humaninhos de Pediatria para Consultórios foi realizado pela Clínica Humaninhos – Especialidades Pediátricas entre os dias 16 e 18 de agosto, no Edifício Vitraux, no Rio Vermelho (sede da clínica) e contou também com a participação da presidente da Sociedade Brasileira de Pediatra, Luciana Silva, que falou sobre “Pediatria na Atualidade”.

 
Listar todas as notícias
 


Av. Professor Magalhães Neto, 1450 - Caminho das Árvores - Salvador, BA Telefone: (71) 3341.6013
By Designer Kéu Meira Resolução Mínima de 1024 x 768 © Copyright 2013 Sociedade Baiana de Pediatria